quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Saudades de Tom Jobim

O dia 8 de dezembro será sempre lembrado como a data em que o Brasil perdeu um dos seus mais importantes músicos: Tom Jobim, que nasceu em 25 de janeiro de 1927.

Jobim morreu aos 67 anos, vítima de uma parada cardíaca causada por uma embolia pulmonar, na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Seu corpo foi enterrado no cemitério São João Batista, na cidade do Rio de Janeiro.

O compositor, maestro, pianista, cantor e arranjador é sem dúvida o músico brasileiro mais conhecido e respeitado fora do país.

Ao lado de vários parceiros - Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Newton Mendonça, Aloysio de Oliveira etc-, Jobim escreveu clássicos da mpb como "Garota de Ipanema", "Desafinado", "Chega de Saudade", "Corcovado", "Insensatez", "Água de Beber", "Retrato em Branco e Preto", "Águas de Março", "Wave", "Só Danço Samba", entre outros.

Abaixo você encontra seis vídeos que retratam bem a vida e a obra de Jobim.

O primeiro traz um show do cantor no festival de jazz do Canadá, em 1986.

O segundo traz o tributo a Jobim realizado em São Paulo, em 1993, com a participação de Herbie Hancock, Shirley Horn, Gonzalo Rubalcaba, entre outros.

O terceiro traz outro tributo, desta vez realizado na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, em 1995, com participação de Gal Costa, Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, entre outros.

O quarto vídeo traz na íntegra a entrevista de Jobim no programa "Roda Viva", em 1993.

O quinto vídeo é o documentário "A Música Segundo Tom Jobim", com várias apresentações de Jobim e de outros artistas interpretando as composições do maestro, entre eles Oscar Peterson, Ella Fizgerald e Elis Regina.

O sexto vídeo traz na íntegra o disco "Elis & Tom", lançado em 1974, no qual está o antológico dueto de "Águas de Março".

O sétimo vídeo traz o especial de Roberto Carlos e Caetano Veloso interpretando apenas obras de Tom Jobim.

O último vídeo traz na íntegra o disco que Jobim gravou ao lado de Frank Sinatra, em 1967, com os arranjos de Claus Orgeman.















Nenhum comentário:

Postar um comentário